Sobre O Que Realmente Significa Meu Corpo, Minhas Regras?

agosto 7, 2015 at 5:32 pm (aleatorias) (, , )

tumblr_mh5ye6fl721rtcllco1_500

Outro dia eu estava conversando com uma amiga minha, ela estava extremamente cautelosa pra falar um assunto comigo, ela queria minha opinião, mas tinha medo que eu desse alguma forma de represália.

Ela quer fazer algo que o namorado não concorda e sabendo quão angry feminist eu consigo ser acabou sendo aquela situação delicada. Eu peguei expliquei que entendia ela ter preocupação com a opinião do namorado. Eles são um casal e a opinião dele é importante, eu não vou sair por ai fazendo coisas que ignorar a forma como isso pode afetar a pessoa com quem eu me relaciono.

Graças a esse momento eu fiquei pensando sobre o que realmente significa “Meu Corpo, Minhas Regras”. O obvio é que sim, cada indivíduo é um único responsável pelo o que pode ou não ser feito em seu corpo, algo bem empoderador quando se trata de mulheres, já que é comum a sociedade machista do jeito que é ignorar isso. Mas essa visão simplista da frase pode abrir pra muitas interpretações dúbias.

Eu acho que a verdadeira mensagem  dessa frase não é eu faço o que eu quiser com meu corpo e foda-se a opinião alheia, mas sim, você precisa respeitar e entender o que eu faço ou deixo de fazer com meu corpo diz respeito a mim, ao meu conforto e as minhas vontades.

Tipo uma garota que namorada um cara que se diz ligado ao pensamento feminista. Ele diz que depilação é uma forma de opressão sistemática, que os pelos do corpo feminino não devem ser arrancados e todo um discurso liberal e enfim. Agora ele não parou pra pensar que ela não se sente confortável não se depilando, por mais que ela realmente esteja reproduzindo (ou não) um pensamento opressor, deixar de se depilar pode causar certa ansiedade nela, a fazer ficar self conscious. O que não é legal, é o corpo dela, as regras delas, é uma questão de entendê-la e de dialogar, mas a cima de tudo respeitar.

Um cara não se tatua por que a namorada não gosta. O corpo é dele, ele deveria ser capaz de fazer o que bem entender, mas está em uma relação com outra pessoa e muito mais do que vai me achar atraente ou não aqui é uma forma de ser compreendido. Se tatuar é uma forma de se expressar, pode ser através de significo ou de tatuagens estéticas, mas mesmo a pessoa que faz tatuagem por que acha que aquilo fica bonito na pele dela tá se expressão. E importante que a garota com quem esse cara namore entenda isso.

Eu tenho barriga, eu não sou extremamente feliz com ela, mas chegamos a um entendimento e a existência da mina barriga não faz com que eu deixe me de achar bonita, atraente e desejável. Eu tô bem, mas sim, eu tenho um corpo ideal que é o de uma personagem animada que é capaz de dobrar os elementos. Eu tenho preguiça de me exercitar, tenho. Mas se por um acaso eu um dia me propor a atingir esse corpo não quero que a pessoa com quem eu estou envolvida venha me dizer como eu estou sendo influenciada pela mídia e que essa cultura de corpo perfeita é opressora, que eu preciso aprender a me amar como eu sou. Eu tenho conhecimento disso e obvio que vou amar discutir essas implicações ao mesmo tempo quero que ela me apoie e incentive nessa minha decisão, tanto quanto ela faria se eu quisesse continuar vivendo com minha barriguinha fofa.

De ontem pra hoje vi uma conhecida de internet falando sobre o cabelo dela e como estava insatisfeita e queria mudar, não sabia o que. Ela é assustadoramente linda, sério, cada vez que ela publica uma foto dela eu penso “Se eu já não soubesse que sou atraída por mulheres era aqui que eu descobria”. Minha primeira ação foi elogia-la, eu acho que não devemos segurar elogios, se eu acho que alguém é talentoso, inteligente, bonito eu vou e digo, faz bem sabe. Depois sugeri que ela poderia cortar o cabelo, afina cortar o cabelo foi algo libertador pra mim e me fez muito bem, então ela me contou os planos dela de fazer isso e aquilo e eu apoiei. É o corpo dela, as regras delas. Acho eu que essa é a mensagem por traz do Meu Corpo, Minhas Regras de apoiar o que quer que deixe os outros confortáveis com sigo mesmos.

  • P.S.: Caso você seja a pessoa do ultimo paragrafo, realmente acho que você vai ficar ótima com o que fizer com seu cabelo. Você é linda e isso não vai ser algo que vá mudar.
Anúncios

Link permanente Deixe um comentário