Sobre As Vantagens de Ser Invisível

novembro 3, 2012 at 10:35 pm (aleatorias)

 

“Eu quero desenhar algo que signifique alguma coisa para alguém,

Eu quero desenha fé cega, ou um pálido verão, ou apenas um momento de claridade.

Como se quando você visse uma ótima banda ao vivo pela primeira vez, sabe, e ninguém diz mas todos pensam nisso:

‘Nós temos algo para acreditar novamente.’ Eu quero desenhar esse sentimento…”

 

Sempre que eu penso sobre escrever, como e por que eu quero escrever lembro dessa citação de One Tree Hill. Hoje eu acabo de ter algo mais para pensar. Eu quero escrever por causa de As Vantagens de Ser Invisível. Não por que eu sou pretenciosa o bastante de achar que um dia possa escrever algo como esse livro.

Mas a cada página dele eu sentia uma vontade desesperadora de pegar uma caneta azul e uma folha de caderno. Eu queria escrever, queria contar a alguém como eu estava me sentido ao ler aquelas cartas. Eu queria dizer a ela que a amava do mesmo modo que Charlie amou Sam e depois contar que eu entendia que talvez fosse melhor eu ama-la do jeito que eu a amo e não como o Charlie.

Eu quis dividir aquele poema com meus amigos, quis dividir com estranhos na rua. Quis ouvir The Smiths e fumar cigarros. Eu lia e queria enviar meus livros favoritos a pessoas queridas. E eu queria escrever.

Queria escrever não sobre o Charlie ou sobre a Sam e nem mesmo só o Patrick. Não, eu queria escrever, talvez sobre mim, talvez sobre o passado. Talvez sobre pessoas que eu nunca vi e que nunca verei, mas que devem existir em algum lugar, em alguma realidade paralela, perpendicular ou mesmo colinear.

Queria ter lido esse livro quando tinha 16 anos. Quando li O apanhador no campo de centeio, queria ter lido antes de conhecer The Rocky Horror Picture Show. Queria isso tudo para poder ir descobrindo o mundo do Charlie aos poucos, junto com ele.

Acho que todos deveríamos ler esse livro ao menos uma vez. Acho que eu deveria ler ele ao menos uma vez no ano, sabe para garantir que todo ano eu leia pelo menos um livro que valha a pena ser lido.

Anúncios

Link permanente Deixe um comentário