Sobre Um Libriano

outubro 18, 2012 at 2:54 am (aleatorias)

 

Sabe quando algumas pessoas que você nunca viu na vida simplesmente parecem sempre ter sido parte do seu circulo de amizades?

Meu primeiro contato com o Duds foi numa review de Buffy, pelo menos eu imagino que tenha sido uma review dele. Acontece que a maioria das reviews que ele fazia eu simplesmente não lia por serem series que eu já não acompanhava ou algo assim, então eu não criei uma relação com ele como aconteceu com o Sil. Entrei pro NaTV e bem ele é tímido. E por mais que ninguém acredite, eu também sou tímida, não sei puxar assunto com ninguém.

Ficamos assim, eu via os tweets dele e tinha a certeza de que em algum universo paralelo nós nos dávamos super bem, andávamos juntos e deveríamos ser amigos bem próximos dado os gostos em comum. E um dia ele falou comigo, aquele desabafo básico do tipo eu odeio minha universidade. E nada mudou, ele continuou tímido e eu continuei sem saber puxar assunto, nada mudou, mas mudou.

Quer dizer mudou, surgiu dai uma relação de proximidade que é meio distante. Não falo com ele diariamente como falo com o Sil, entretanto criei um carinho natural por ele. A deve ser o jeito mascote, pode ser por estamos vivendo quase que o mesmo momento na nossa vida, com toda certeza de algo a ver com a voz dele ao cantar se linda, falada também é bem agradável devo confessar.

Sei lá, ele parece sempre ter sido do meu circulo de amizade, me lembra muito um ex meu, alguém com quem tenho amizade mais de sete anos.

E é mais do que obvio que ele seria libriano, afinal existe outro signo na minha vida? E Só por ele ser tímido eu resolvi colocar uma foto dele abrindo o post, por que eu sou bem esse tipo de pessoa.

Link permanente 1 Comentário

Sobre BucketList

outubro 9, 2012 at 3:10 am (aleatorias)

Tédio, ah o tédio. Foi o tédio de um estagio onde não há muito que fazer alguns dias que me motivou a escrever. Estava olhando os TT e observei a hastag #50ThingsIWantToDoBeforeIDie. Muito tempo atrás eu havia iniciado uma lista dessa, mas sabe como eu mudo de ideia como ninguém. É capaz dessa lista que irei publicar em menos de um ano já mude novamente.

Curioso pensar nisso de coisas para fazer antes de morrer. Ninguém sabe quando vai morrer, posso morrer saindo do estagio hoje, ser atropelada por um carro e acabou. Posso morrer daqui há 50 anos dormindo numa cama. Enfim, não quero criar questionamentos sobre vida e morte, apenas quero lista 50 vontades que quero realizar.

 

  1. Assistir um meu top 3 musicais favoritos ao vivo.
  2. Conseguir meu diploma universitário
  3. Conhecer a Austrália
  4. Conhecer a Califórnia
  5. Conhecer NYC
  6. Fazer uma exposição fotográfica autoral
  7. Ver um show ao vivo da Demi Lovato ao lado da Maria Carolina
  8. Filmar um curta roteirizado por mim
  9. Ver um show da Taylor Swift
  10. Revelar um filme que eu tenha fotografado
  11. Aprender a tocar violão
  12. Aprender a surfar
  13. Ver a estreia da Mey Fernandes na Broadway
  14. Escrever uma série ao lado de Silvestre Mendes
  15. Produzir um filme junto de Eduardo Storm
  16. Organizar uma exibição ao ar livre de filmes musicais
  17. Ser da produção de um musical
  18. Morar em Los Angeles
  19. Fotografar uma coleção de Marcelo Lima
  20. Adotar um bulldog francês
  21. Fazer parte de uma gigantesca guerra de balão d’água
  22. Montar minha coleção de vinil
  23. Visitar a Índia
  24. Conhecer o Canadá
  25. Que reconheçam que minha sexualidade influencia tanto quanto qual é minha cor favorita
  26. Preparar um jantar de ação de graças
  27. Ver ao vivo um Super Bowl
  28. Ver em um único fim de semana todos os filmes da saga Harry Potter
  29. Ver em um único dia todos os 6 filmes de Star Wars
  30. Publicar um livro
  31. Descobrir quem é A.
  32. Fotografar o Coachella
  33. Conhecer Ed Sheeran
  34. Passar um dia inteiro distribuindo “Free Hugs”
  35. Participar de uma guerra de tinta
  36. Abrir um bar
  37. Ficar bêbada com a minha melhor amiga
  38. Conseguir cumprir algum projeto 365
  39. Ter uma câmera polaroide
  40. Comemorar St. Patrick Day na Irlanda
  41. Participar de Mardi Gras
  42. Fazer um No8H photoshoot
  43. Jogar uma partida de beer pong
  44. Beijar sob Mistletoe
  45. Trabalhar junto a Write Love On her Arms
  46. Assistir todas as temporadas de todas as versões de Degrassi
  47. Voltar a ter minha parede vermelha
  48. Fazer mais 4 tatuagens
  49. Cantar La Vie Boheme em um bar
  50. Realizar essa lista!

Link permanente 1 Comentário

Sobre Algo Estranho.

outubro 3, 2012 at 2:53 am (aleatorias)

Crescer é estranho. Quando você tem seis anos e de repente percebe que aquela blusa favorita da Magali não cabe mais, fica sobrando barriga e lembra que antes você até brincava que ela parecia mais um vestido.

Crescer é estranho quando você tem 11 ou 12 anos e começa a aparecer pelos onde você não queria ter esses pelos.  E tanto muda, aparecem desejos que você não sabe entender e muito menos explicar.

Crescer é estranho, simples assim, estranho. Sem mais definições. E você não pode fazer nada, apenas vai crescer sem perceber. Esse é o estranho, em algum ponto desse caminho você percebe e fica se perguntando quando foi que isso aconteceu.

Quando foi que eu preferi comer pizza com uma cerveja do que com um copo de coca-cola? Quando foi que eu passei a ter conta do cartão, aluguel, plano de saúde pra pagar? Quando foi que eu passei a precisar organizar meus horários de sair da aula comendo deus sabe que salgado para chegar cedo no estagio apenas pra justificar pro chefe que vou sair um pouco antes por que tenho que fazer as compras do mês  afinal só sobrou água e bolacha maria na geladeira?

Há seis meses atrás eu estava sentada numa mesa de bar com meus amigos dos tempos de colégio e estávamos divagando felizes de como a vida ia ser linda de agora em diante. A casa é nossa, o dinheiro é nosso, quem manda é a gente. Agora é torcer para que o gás não acabe antes de receber o dinheiro do mês, por que se acabar eu não terei dinheiro para viver de comida congelada e muito menos já pronta.

Chego em casa ainda com sol? Que ótimo, terei mais tempo de comer e dormir. As séries? Essas ficam pro fim de semana depois que eu fizer a faxina, a casa anda inabitável até para os meus padrões.

Parece ruim falando assim? E tem seus defeitos, mas é minha casa, é minha vida. Agora eu decoro o único cômodo que funciona como lavanderia, cozinha e salada forma que eu bem entender. Certo, com o que eu ganho, vou precisar de uns 6 anos para isso, mas ainda assim eu tenho o poder.

Engraçado perceber que de uma hora para outro escutar que seu amigo comprou um fogão é noticia recebida com palmas e comemorações e que a cima de tudo justifica reunir a turma do colégio para preparar um jantar e relembrar o velhos tempos. Nossa falei parecendo minha mãe. É, crescer é estranho!

Link permanente 1 Comentário