Sobre o novo filme do Batman

julho 30, 2012 at 2:23 am (Opinião)

Antes de começar a falar o quão incrível e maravilindo foi o TDKR, preciso me explicar para vocês. Você que se diz geek, que curte filme, séries e livros fantasiosos. Que leu HQ, filme Star Wars, Exterminador do Futuro e por ai vai e fica se perguntando como vão ser seus filhos.

Bem a resposta é algo bem próximo a mim. Sou filha de dois nerd’s. Mamãe acha Spock um exemplo de ser do gênero masculino e meu pai passou a adolescência apaixonado por Sarah Connor. Eles conhecem quadrinhos e super-herois e eu cresci respirando esse universo.

Logo sou criteriosa com meus heróis favoritos. Sou criteriosa com todos, mas sou três pior com Homem Aranha, X-men e Batman.

Quanto aos filmes do Batman. Eu realmente gosto muito dos dois primeiros feitos pelo Tim Burton, pode não ter o clima mais sombrio que o homem-morcego. Ai no terceiro Joel Schumacher assumiu a direção e o desastre começou, eu só não poderia imaginar que ele conseguiria fazer algo pior. Até ele dirigir Batman & Robin. Filme do morcegão que eu prefiro nem lembrar que eu vi.

Então em 2005 Christopher Nolan me lança Batman Begins e finalmente alguém acerta em cheio, no ritmo, tom e caracterização dos personagens. Tudo bem que eles diminuíram quase pela metade o QI do Bruce, mas eu aguento isso.

2008 Nolan se consagrou em definitivo com TDK, o filme é incrível. Daqueles onde você sai do cinema tonto e impressionado com tudo e passa uma semana falando. Porém o filme foi um espetáculo do Coringa e não coube espaço para mais ninguém. Todo mundo foi bom? Foi, mas o Coringa roubou a cena de forma indiscutível.

Quando finalmente saiu TDKR eu duvidava muito que ele poderia superar seu antecessor. E como eu amo estar enganada. A história desse filme foi precisa, perfeita para fechar a trilogia. O elenco nunca esteve em melhor sintonia. Christian Bale nunca esteve melhor no corpo do Bruce e nunca conseguiu ser tão fiel a personalidade dos quadrinhos. Gary foi outro que foi impecável e brilhou.

E me dou um direito de fazer um paragrafo inteiro para Anne Hathaway. Sou fã da atriz desde sua Mia Thermopolis. Desde aquela época sabia que havia algo de especial nela e algo que ia muito além de sua beleza. Desculpem-me os que pensam diferente, mas a melhor mulher gato de todos os tempos pertence a Anne. Michelle Pfeiffer foi uma incrível e excelente mulher gato, porém ela foi estaticamente uma vilã. E não é bem assim que as coisas funcionam. Selina é dualística, uma vilã mocinha como foi perfeitamente retratado em TDKR. Por sinal foi a melhor química de todos os filmes, provando por que Batman e Mulher Gato sempre vão ser o melhor casal na historia do morcego.

Digo que esse filme foi o melhor filme da trilogia. TDKR foi todo impecável, trilha sonora, roteiro, adaptação, elenco… O destaque foi o filme como um todo, não houve roubada de cena. Não houve o Coringa, TDK não seria um filme tão bom sem ele e em TDKR não existe espaço para ele, talvez uma menção honrosa afinal todos os vilões anteriores fizeram uma pontinha.

No entanto o que me apaixonou de vez foi o quão fiel esse roteiro se manteve dos quadrinhos. Passei metade do filme revoltadíssima, pronta pra sair xingando por terem o tempo todo falando que Bane era filho do Ras’al Ghul. Tudo isso pelo simples fato de que nos quadrinhos sempre foi uma filha, Talia, que chegou a ter um filho do Batman (e meu irmão me informou que atualmente ele assume o posto de Robin) e no final eles me revelam que Talia estava ali o tempo todo sendo linda.

Outra coisa que me deixou serelepe e saltitante. O que mais gosto no Batman é o Robin, desde Batman Begnis eu desejava que dessem espaço ao pupilo do Bruce. Quando o personagem do Joseph Gordon-Levitt começou a se destacar ele gritava Robin e eu estava prestes a chorar quando ele disse que Blake não era seu verdadeiro nome, se o roteiro fosse meu ele teria dito Dick Grayson e eu na cadeira iria explodir em lagrimas e palmas.

Entendo que parte do publico que foi ver o filme nos cinemas não iria associar tão rapidamente o nome original do primeiro Robin, mas deixa, poderia ter sido algo para os fãs.

No final das contas TDKR é para mim o melhor filme do Batman e assim como eu cresci amando ver Batman – o retorno (meu filme favorito da primeira franquia) acredito que meus filhos vão crescer vendo esse filme. Ou então eu morro de desgosto.

Link permanente Deixe um comentário